Terça-feira, 17 de Janeiro de 2012

Sócrates foi um dos primeiros filósofos a introduzir a questão das condicionantes da acção humana. Na sua opinião, o corpo impede-nos de praticar a verdade; de sermos agentes livres.

No Fédon, Sócrates-Platão, diz: enquanto possuirmos um corpo e a nossa alma estiver reunida a este mau companheiro jamais possuiremos o objecto dos nossos desejos, que afirmamos ser verdade.

Deste ponto de vista, as emoções e as paixões são consideradas condicionantes da acção humana.

 

 



publicado por omeuinstante às 10:00 | link do post

3 comentários:
De Francisco a 18 de Janeiro de 2012 às 13:45
Pertinente. Guardo. Obrigado.


De Cláudia S. Tomazi a 19 de Janeiro de 2012 às 14:18
Objetos de nosso desígnio... Jamais?


De Cláudia a 19 de Janeiro de 2012 às 14:20
E nós não somos o próprio objeto em causa?

Enquanto verdade.


Comentar post

443245.jpeg
Sem a música, a vida seria um erro. Nietzsche
links
posts recentes

Uma Pastelaria em Tóquio

ViK Muniz - Lixo Extraord...

VIK MUNIZ

Dominique Wolton

Da Memória: 1974 - Uma Pi...

25 de Abril - 2017

noctua - Willie Dixon, I ...

Longe dos Homens

Herberto Helder/ Os Passo...

Relâmpago de Nada

Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

29
30
31


Visitas
conter12
tags

arte

cinema

david mourão-ferreira

educação

estética

eugénio de andrade

fernando pessoa

filosofia

fragmentos

leituras

literatura

livros

miguel torga

música

noctua

pintura

poesia

política

quotidiano

sophia de mello breyner andresen

todas as tags

arquivos
blogs SAPO