Quinta-feira, 22 de Março de 2012

 

Um homem que tem como "loucura" a "leveza", oferece, em palavras, a âncora da amizade. Há mais de vinte anos, encontramo-nos na borda do cais, pedra que nos fixa ao topo, e, em cada partida, renovamos o tempo da esperança.
Falo do Nuno, e vejo-o, através do seu belo "Auto-retrato". 

 

 

Sou,

mas a minha paixão é aquilo

que não sou

se pelo ser rastejo sinuoso no pó

dorso horizontal de réptil

pelo não ser o meu corpo de águia

anseia pela carícia das estrelas

e as neves sempre renovadas

de inauditos himalaias

se o peso é o meu destino

a leveza é a minha loucura

a minha doença são os cais

se fico gostaria de não ficar

ir nos comboios que partem e nos 

outros que faço partir

que itinerário o do meu sonho?

viagem a uma geografia interior e arenosa

ao espaço exacto entre o cais e a partida

que os dedos azuis do sonho esboçam e anulam

quem sou eu?

que labirinto percorre o meu desejo?

hei-de perguntar ao vento.

 

Nuno Pinto



publicado por omeuinstante às 13:10 | link do post

5 comentários:
De KB a 22 de Março de 2012 às 13:58
Muito interessante.


De Francisco a 22 de Março de 2012 às 20:37
Linguagem de e para a sensibilidade. Gostei!


De Olga Rocha a 23 de Março de 2012 às 22:46
Muito belo este poema do Nuno Pinto!

Um Auto-Retrato que é o retrato da Condição Humana: somos seres amarrados a vários cais, com uma vontade irreprimível de partir...


De Anamar a 24 de Março de 2012 às 01:18
muito belo...sim...!


De Anónimo a 25 de Março de 2012 às 18:19
Neste poema as palavras fluem. O sentido faz-se de palavras ditas entre ser e não ser. Atentamente. Quase deslizando.
Muito interessante.
- Isabel X -


Comentar post

443245.jpeg
Sem a música, a vida seria um erro. Nietzsche
links
posts recentes

Horizontes

Resquícios/ Amesterdão

Uma Pastelaria em Tóquio

ViK Muniz - Lixo Extraord...

VIK MUNIZ

Dominique Wolton

Da Memória: 1974 - Uma Pi...

25 de Abril - 2017

noctua - Willie Dixon, I ...

Longe dos Homens

Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Visitas
conter12
tags

arte

cinema

david mourão-ferreira

educação

estética

eugénio de andrade

fernando pessoa

filosofia

fragmentos

leituras

literatura

livros

miguel torga

música

noctua

pintura

poesia

política

quotidiano

sophia de mello breyner andresen

todas as tags

arquivos
blogs SAPO