Quinta-feira, 31 de Maio de 2012

Adónis (pseudónimo de Ali Ahmed Said Esber) é considerado o maior poeta árabe vivo. O seu pseudónimo está ligado ao deus fenício símbolo da renovação cíclica.

 

Pensa que uma ética humanista no espírito da tradição grega e oriental esteja em condições de trazer ao ser humano uma segurança semelhante à da fé religiosa do mundo cristão ou de qualquer outra das grandes religiões?

Na minha opinião, sim, mas como é que se pode chegar a ela? O que nos falta a esse respeito é o mythos, aquilo a que chamamos mythos.
Agora, o que rege é o Logos no sentido trivial da palavra e rejeitou-se, marginalizou-se tudo o que é mythos, ou seja, tudo o que é humano, poesia, amor, amizade, relações pessoais...Necessitamos, para fazer o equilíbrio, do mythos, mas como é que se pode convencer este mundo do mythos?

 

O Livro dos Saberes, Edições 70, pág 37 



publicado por omeuinstante às 00:51 | link do post

2 comentários:
De OD a 1 de Junho de 2012 às 00:26
Não devendo limitar-se a um pensamento único e restrito, o ser humano deve procurar constantemente o equilíbrio entre o mythos e o logos; buscar a transcendência que foi perdendo ao longo dos séculos.

"como é que se pode convencer este mundo do mythos?"
Blogs como o seu ajudam.


De omeuinstante a 1 de Junho de 2012 às 23:54
Podemos?
A transcendência, diz o poeta, está na poesia e no amor.
Obrigada, OD, pela visita e comentário.


Comentar post

443245.jpeg
Sem a música, a vida seria um erro. Nietzsche
links
posts recentes

Horizontes

Resquícios/ Amesterdão

Uma Pastelaria em Tóquio

ViK Muniz - Lixo Extraord...

VIK MUNIZ

Dominique Wolton

Da Memória: 1974 - Uma Pi...

25 de Abril - 2017

noctua - Willie Dixon, I ...

Longe dos Homens

Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Visitas
conter12
tags

arte

cinema

david mourão-ferreira

educação

estética

eugénio de andrade

fernando pessoa

filosofia

fragmentos

leituras

literatura

livros

miguel torga

música

noctua

pintura

poesia

política

quotidiano

sophia de mello breyner andresen

todas as tags

arquivos
blogs SAPO