Segunda-feira, 07.11.11

E assim se esvai a democracia.

 



publicado por omeuinstante às 12:50 | link do post

Sexta-feira, 17.09.10

Sólon (638 a.C.-558 a.C ), começou como poeta e acabou a fazer leis para a cidade.

Entre muitas leis que redigiu, consta que uma delas oferecia cidadania a estrangeiros.

Exilou-se, viajando. Não quis ser Tirano.

Posto isto, é fácil compreender que o verdadeiro alvo desta evocação é o nosso presente.

 

As leis são como as teias de aranha que apanham os pequenos insectos

e são rasgadas pelos grandes.



publicado por omeuinstante às 18:05 | link do post

Terça-feira, 07.09.10

Uma das dificuldades que encontramos na abordagem da justiça consiste na relação entre a interioridade da pessoa e os efeitos visíveis das acções humanas. Esta dificuldade já é inerente à própria ética: para que uma acção ou uma atitude seja boa, não é suficiente ter uma intenção recta; ainda é preciso agir em conformidade com a intenção; reciprocamente, para ser eticamente boa, uma acção implica, também, que a intenção do agente seja recta. É possível que esta afirmação dupla não convença toda a gente.

Michel Renaud, Viver a Cidadania, Educar Hoje, vol VI, p.77




publicado por omeuinstante às 13:33 | link do post

443245.jpeg
Sem a música, a vida seria um erro. Nietzsche
links
posts recentes

Dos Dias

Sólon

Tese Da Justiça

Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26
27

29
30
31


Visitas
conter12
tags

arte

cinema

david mourão-ferreira

educação

estética

eugénio de andrade

fernando pessoa

filosofia

fragmentos

leituras

literatura

livros

miguel torga

música

noctua

pintura

poesia

política

quotidiano

sophia de mello breyner andresen

todas as tags

arquivos
blogs SAPO