Quarta-feira, 21.03.12

Não me prendo a nada que me defina. Sou companhia, mas posso ser solidão; tranquilidade e inconstância; pedra e coração. Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e silêncio. Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Não me limito, não sou cruel comigo! Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer...
Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato. Ou toca, ou não toca.

 

Clarice Lispector



publicado por omeuinstante às 12:20 | link do post

Sexta-feira, 26.08.11

A única verdade é que vivo.
Sinceramente, eu vivo.
Quem sou?
Bem, isso já é demais....

 


Clarice Lispector 



publicado por omeuinstante às 10:05 | link do post

Quinta-feira, 02.06.11

 

Até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso.


Nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro.

 

 

Clarice Lispector (1920-1977)



publicado por omeuinstante às 14:19 | link do post

443245.jpeg
Sem a música, a vida seria um erro. Nietzsche
links
posts recentes

Retrato

Fragmentos

Da Imperfeição

Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Visitas
conter12
tags

arte

cinema

david mourão-ferreira

educação

estética

eugénio de andrade

fernando pessoa

filosofia

fragmentos

leituras

literatura

livros

miguel torga

música

noctua

pintura

poesia

política

quotidiano

sophia de mello breyner andresen

todas as tags

arquivos
blogs SAPO